segunda-feira, 24 de outubro de 2011

ACABA NÃO, MUNDO


Lançamento do livro de crônicas: "Acaba não, mundo", no Rio, em 22/10/2011. Foi uma noite deliciosa — todos concordam. O responsável por este comentário unânime é Eduardo Loureiro Jr., que me surpreendeu com uma perfeição de detalhes nunca vista em uma pré-produção, esmeradamente bem cuidada. Trinta autores do site Crônica do Dia estão neste livro; como eu tive a alegria de escrever a primeiríssima crônica, coerentemente fui a primeira a chegar... (morar longe tem dessas vantagens: como nunca se sabe se a estrada vai estar congestionada ou não, o jeito é sair muito mais cedo e chegar antes da hora nos eventos; mas é ótimo, fica-se mais tempo nos lugares, e curte-se desde o comecinho o local e as pessoas). 

Alguns dos autores eu já conhecia, como a Letti (belíssima, como sempre) e a Carla Cíntia. Outros, inclusive o próprio Eduardo, conheci no dia — encontro esperado há muitos anos. Entre meus convidados estavam Leninha, da equipe de Blocos, amiga especialíssima que se deslocou de Brasília para comparecer ao evento, o cineasta Francisco Malta, que, junto com Cláudia Letti, aniversariava naquela noite e teve a gentileza de comemorar comigo (prazer enorme) e Rogel Samuel, também colaborador de Blocos, nosso colunista tão querido e um dos grandes incentivadores da minha vida acadêmica na UFRJ. Obrigada de coração a este trio de ouro, foi muito importante para mim a presença dos três. Saí antes do término do lançamento com o local fervilhando de gente — era a Lapa em todo o seu esplendor. Beleza de noite!

Aqui vão duas fotos: a primeira, tirada por Leninha. 


E a segunda é a do nosso livro, lógico, que está incrível, produção gráfica de altíssima qualidade.  


A capa escolhida pelos internautas é de Sara Setter e a apresentação de Cláudia Letti. São 83 crônicas das 3.239 publicadas no Crônica do Dia, desde julho de 1998. E eu não podia esquecer o botton feito pelo Maurício Cintrão para cada um dos autores do livro, uma graça de trabalho artesanal. Disse-me ele, por e-mail, que era uma forma de comparecer e estar presente nos diversos lançamentos do livro em várias capitais. Todos esses pormenores juntos em um único volume fizeram a diferença.

Eduardo, zilhões de parabéns, meu amigo. Só espero que nosso mundo acabe, diariamente e sempre, em festa, alegria e risos, como acabou neste sábado.

10 comentários:

ROGEL SAMUEL disse...

Querida Leila, foi uma noite memorável, naquela Lapa da minha juventude, entre amigos. Infelizmente, saí cedo, e não por minha causa. O livro está belíssimo...

Claudia Letti disse...

Leila querida, amei ver você de novo, ter comemorado o livro e o meu aniversário com você e todos os autores. Beijo enorme!

Francisco Malta disse...

Leila,foi uma noite agradabilissima.
Parabéns pelo livro!!!

Leila Míccolis disse...

Rogel querido, realmente foi uma delícia. Obrigada pela presença iluminada. Leila

Leila Míccolis disse...

Claudinha, foi tão gostoso, não é? Fazia tanto tempo que não nos víamos... Só espero que não nos percamos mais de vista, você faz falta na minha vida. Beijão, Leila

Leila Míccolis disse...

Chico, como é bom ver você, falar de cinema e de tantos planos. Que eles se realizem! Precisamos nos encontrar mais vezes. De novo obrigada, Leila.

http://leninhaetc.blogspot.com/ disse...

Leila, amiga, foi uma noite de festa! O livro é lindo, com suas 83 graciosas crônicas. Obrigada pelo convite para o lançamento, pelo abrigo em Maricá e por tantas outras delicadezas, viu? Foi com alegria que conheci o Eduardo, a Claudia Letti, a Yvelize Wielewicki e todos os outros autores. Beijo grande,

Leila Míccolis disse...

Leninha, querida do coração, obrigada por ter-me dado a alegria da sua presença, a noite fechou com chave de ouro a semana em que você esteve em nossa casa. E obrigada pela crônica sobre o lançamento também. Muito carinho, Leila

Claudia Letti disse...

Pois não perderemos o contato agora, Leila. Tenho um blog, o http://lettiania.wordpress.com/ (meio terreno baldio, mas está lá) e este email para nos comunicarmos. De todo modo, a minha casa no Rio é no mesmo lugar e vou adorar recebe-la por aqui, como amei encontra-la de novo. Beijo enorme. Letti

Anônimo disse...

Congratulações literárias a você, querida Leila, assim como a todos os autores dessa obra!

Sucesso e alegrias a todos!
Fabbio Cortez